Plotando os quadros de O suicídio

Preparando aula sobre O suicídio de Durkheim, eu me dei conta de que seria interessante observar os quadros compostos por ele (com a importante ajuda de seu sobrinho Marcel Mauss mas também de seu arqui-inimigo Gabriel Tarde) na forma de séries temporais. Como não encontrei nada do tipo numa rápida pesquisa na Internet, e como não seria nada de outro mundo gerar tais séries no “LibreOffice Calc”, tirei uma horinha pra fazê-lo. No processo de inserir os números na planilha e conferir as relações, eu notei que alguns cálculos do Durkheim são “bastante” estranhos, mas deixo essa análise para outra oportunidade. Por hora, seguem os primeiros 3 quadros como apresentados no livro, seguidos da plotagem das séries temporais que lhes correspondem. O trabalho de plotar os outros quadros do livro (são 32 quadros no total, além de dezenas de outras tabelas) e de refletir sobre os cálculos feitos por Durkheim daria uma bela iniciação científica!


FONTE: DURKHEIM, Émile. 2004. O suicídio. (Trad. Monica Sthael) São Paulo: Martins Fontes, pp.18. [1897]


FONTE: DURKHEIM, Émile. 2004. O suicídio. (Trad. Monica Sthael) São Paulo: Martins Fontes, pp.21. [1897]



FONTE: DURKHEIM, Émile. 2004. O suicídio. (Trad. Monica Sthael) São Paulo: Martins Fontes, pp.23. [1897]

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “Plotando os quadros de O suicídio

  1. Realmente os números são estranhos. Questiono se esses números de suicídos são realmente reais, mas não deixa de ser muito interessante todo esse comparativo.