Chega


Hoje li esta notícia no site da BBC:

O Brasil registrou, em 24 horas, 807 mortes e 11.687 novos casos de covid-19, segundo boletim do Ministério da Saúde divulgado nesta segunda-feira (25/05). […] O total de casos desde a chegada do coronavírus ao país é de 374.898 e de mortos, 23.473. O recorde de registros em 24h foram no dia 21/05 (1.188 mortes) e no dia 22/05 (20.803 casos confirmados). […] São considerados casos recuperados ao menos 153.833. […] O Brasil já é o segundo país do mundo com mais infectados. (Fonte: https://www.bbc.com/portuguese/brasil-51713943)

Cansei de mostrar aqui o gráfico da tragédia. Chega.

Bruno Latour fechou um texto de 29 de maio sobre a Covid-19 com seis questões. Tenho pensado nelas, e ofereço abaixo aquelas que venho tentando responder (algumas delas não são do Latour, são minhas mesmo):

1 – Quais as atividades agora suspensas que você gostaria que não fossem retomadas?

2 – Descreva por que essa atividade lhe parece negativa.

3 – Quais as atividades agora suspensas que você gostaria que fossem retomadas?

4 – Descreva por que essa atividade lhe parece positiva.

5 – Quais as atividades obrigatórias na quarentena você gostaria que fossem mantidas?

6 – Descreva por que essa atividade lhe parece positiva.

7 – Quais as atividades obrigatórias na quarentena você gostaria que não fossem mantidas?

8 – Descreva por que essa atividade lhe parece negativa.

Parece perda de tempo pensar nessas coisas, principalmente quando assumimos que as coisas já estão decididas de antemão, ou que nosso mundo não está em nossas mãos. E muitas vezes pensamos assim. Mas às vezes abrimos mão dessa assumção, simplesmente porque podemos, e isso faz diferença. Encontrar pensamento onde antes parecia não haver nenhum. Insistir em pensar quando tudo nos obriga a só seguir em frente.

Comentários desativados em Chega

Arquivado em Uncategorized

Os comentários estão desativados.