Igualdade, identidade e bem comum: elementos da organização social

Instituição: Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).
Curso: Escola de Extensão da Unicamp (Extecamp).
Ano letivo: 2014.
Período: 1º.
Disciplina: FCH-0015 – Igualdade, identidade e bem comum: elementos da organização social.
Aulas: Quarta-feira das 19h às 23h – Sala da Congregação (Prédio de Pós-Graduação do IFCH).
Carga horária total: 48h.

PROGRAMA
A proposta geral deste curso é contribuir para o enriquecimento das relações da Unicamp – e do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) em especial – com a realidade escolar de Campinas – e das turmas de Ensino de Jovens e Adultos (EJA) da Fundação Municipal de Ensino Comunitário (FUMEC) em especial. Voltado para professores de EJA da FUMEC, o curso busca oferecer um contexto de discussão e reflexão em torno de temas e questões relativos à sociedade em geral e à educação em particular. As aulas serão ministradas por docentes e pós-graduandos dos cursos de Ciências Sociais, História e Filosofia do IFCH, sendo cada curso responsável quatro aulas, como detalhado a seguir.

PLANO DE DESENVOLVIMENTO
O curso começará em 12/03 e será composto por 12 aulas de 4h de duração, divididas em três módulos de 4 aulas cada, que se sucederão ao longo do semestre: I-Igualdade (aulas 1 a 4); II-Identidade (aulas 5 a 8); III-Bem comum (aulas 9 a 12). Um detalhamento maior sobre a distribuição das aulas pode ser encontrado no “cronograma”, abaixo.

AVALIAÇÃO
A nota final dos alunos será definida a partir um texto de auto-avaliação a ser entregue ao final do semestre.

BIBLIOGRAFIA
ANDERSON, Benedict. Introdução. Lisboa: edições 70, 2005. Comunidades Imaginadas: Reflexões sobre a origem e a expansão do nacionalismo, p. 21-27.

ARENDT, Hannah. Da revolução. Revisão de Caio Navarro de Toledo; Tradução de Fernando Didimo Vieira. São Paulo, SP; Brasília, DF: Ática: Editora da UnB, 1988.

ARENDT, Hannah. A Condição Humana. Tradução de: Roberto Raposo; revisão técnica Adriano Correia. 11a ed. rev. Rio de Janeiro: Forense Universitário, 2010.

CALDEIRA, Teresa. 2000. O crime violento e a falência do Estado. In: Cidade de Muros: Crime, Segregação e Cidadania em São Paulo. São Paulo: Editora 34/Edusp, pp. 101-157.

CASTELLS, Manuel. O poder da identidade. São Paulo: Paz e Terra, 2000.

FONTANA, josep. O espelho do progresso. São Paulo: EDUSC, 2005. A Europa diante do Espelho, p. 119-132

FOUCAULT, Michel. A ética do cuidado de si como prática da liberdade. In: Ditos e Escritos. vol.V. Ética, sexualidade, política. Tradução de Elisa Monteiro e Inês Autran Dourado Barbosa. Rio de Janeiro: Forense Universitária. 2004.

HALL, Stuart. A questão da identidade cultural. Textos didáticos. Campinas: IFCH/Unicamp, 1998.

HOLSTON, James. 2013. Segregando a cidade. In: Cidadania Insurgente. Disunções da democracia e da modernidade no Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, pp.197-258.

LEFEBVRE, Henri. A cidade do capital. Rio de Janeiro: PB&A Editora, 1998.

MACHADO DA SILVA, Luiz A.; LEITE, Márcia P. 2008. Violência, crime e polícia: o que os favelados dizem quando falam destes temas? In: Luiz Antônio Machado da Silva (org.). Vida sob cerco: violência e rotina nas favelas do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, pp.47-77 [versão publicada em 2007 na revista Sociedade e Estado]

MARSHALL, T. H. Cidadania e classe social. In: Cidadania, classe social e status. Rio de Janeiro: Zahar, 1967.

MARX, Karl. A Origem do Capital (A Acumulação Primitiva). São Paulo: Coleção Bases, 1977.

OLIVEN, Ruben. “Identidade Nacional: construindo a brasilidade”. In: BOTELHO, André; SCHWARCZ, Lilia (orgs). Agenda brasileira. Temas de uma sociedade em mudança. São Paulo: Companhia das Letras, 2011, p.258-265.

RAGO, Margareth. Foucault, a Subjetividade e as Heterotopias Feministas. IN: Scavone, L; Miskolci, R;Alvarez, M.C. O legado de Foucault, SP:Unesp, 2006,pp 101-118.

RANCIÈRE, Jacques. O mestre ignorante: cinco lições sobre a emancipação intelectual. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2004. 191 p. (Educação: experiência e sentido; v. 1). ISBN 9788575260456 (broch.).

ROUSSEAU, Jean-Jacques. Discurso sobre a origem e os fundamentos da desigualdade entre homens. São Paulo, SP: Martins Fontes, 1993. 277p.

SCHWARCZ, Lilia. “Complexo de Zé Carioca. Notas sobre uma identidade mestiça e malandra”. Revista brasileira de Ciências Sociais, n.29, out.1995.

SENNETT, Richard. Carne e pedra: o corpo e a cidade na civilização ocidental. Tradução de Marcos Aarão Reis. 5. ed. Rio de Janeiro, RJ: Record, 2008.

VIANA, Larissa. Identidades e conflitos: compromissos. São Paulo: Editora Unicamp. O Idioma da Mestiçagem, p. 141-177

INSCRIÇÃO
A inscrição no curso envolve duas etapas:

    (1) inscrição eletrônica no site da Escola de Extensão da Unicamp (Extecamp) até dia 23/02. Para acessar o site, será preciso inserir:

    • LOGIN: FCH-0015002
    • SENHA: 799lTPrL
    (2) apresentação dos seguintes documentos no atendimento da Extecamp (Av. Roxo Moreira, 1831 – Reitoria 1) até dia 24/02:

    • Ficha de inscrição e termo de compromisso assinado
    • Cópia de RG e Cópia de CPF
    • Cópia de Diploma da Graduação
    • Currículo

A lista de inscrições aceitas será divulgada no dia 27/02.

CRONOGRAMA

AULA 01 – Dia 12/03: Apresentação do curso.

AULA 02 – Dia 19/03: MÓDULO I: Igualdade – Abordagem das Ciências Sociais. Igualdade e desigualdade: o processo de construção de fenômeno sócio-político. Aula ministrada pela Profa.Dra. Andréia Galvão (Depto. de Ciência Política). Leituras sugeridas: Marshall (1967) e Marx (1977).

AULA 03 – Dia 26/03: MÓDULO I: Igualdade – Abordagem da Filosofia.

AULA 04 – Dia 02/04: MÓDULO I: Igualdade – Abordagem da História. A igualdade como um conceito histórico. Aula ministrada pelo doutorando Cleber Vinicius Amaral Felipe (PPGH). Leituras sugeridas: Arendt (1988); Rousseau (1993); Rancière (2004).

AULA 05 – Dia 09/04: MÓDULO II: Identidade – Abordagem das Ciências Sociais. Aula ministrada pela Profa.Dra. Mariana Miggiolaro Chaguri (Depto. de Sociologia). Leituras sugeridas: Scwarcz (1995); Oliven (2011).

AULA 06 – Dia 16/04: MÓDULO II: Identidade – Abordagem da Filosofia.

AULA 07 – Dia 23/04: MÓDULO II: Identidade – Abordagem da História. Identidades em construção: um panorama histórico. Aula ministrada pela pós-doutoranda Rita Juliana Poloni (Depto. de História). Leituras sugeridas: ANDERSON (2005); FONTANA (2005); VIANA (s.d.)

AULA 08 – Dia 30/04: MÓDULO III: Bem comum – Abordagem das Ciências Sociais. Insegurança, política e polícia no Brasil urbano. Aula ministrada pela Profa.Dra. Susana Soares Branco Durão (Depto. de Antropologia). Leituras sugeridas: Caldeira (2000); Machado da Silva e Leite (2008); Holston (2013).

AULA 09 – Dia 07/05: MÓDULO III: Bem comum – Abordagem da Filosofia.

AULA 10 – Dia 14/05: MÓDULO III: Bem comum – Abordagem da História. Em nome do Bem Comum: o cuidado de si e do outro como práticas da liberdade. Aula ministrada pela Profa. Dra. Margareth Rago (Depto. de História). Leituras sugeridas: Foucault (2004); Rago (2006).

AULA 11 – Dia 21/05: Atividade de conclusão do curso.

AULA 12 – Dia 28/05: Avaliação

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s