Sociologia de Marx (exemplos de questões de prova)

MANIFESTO DO PARTIDO COMUNISTA
No prefácio à edição alemã de 1872 do Manifesto do Partido Comunista, Marx e Engels declararam que “[e]mbora as condições tenham mudado muito nos últimos 25 anos, os princípios gerais expostos no Manifesto conservam ainda hoje, sem seu conjunto, toda a sua exatidão”, e “que a aplicação desses princípios dependerá, sempre e em toda parte, das circunstâncias históricas existentes”. Explique como as “condições” se distinguem dos “princípios” e discorra sobre a relevância dessa distinção para Marx.

MANIFESTO DO PARTIDO COMUNISTA
Disserte sobre cada um dos três pontos destacados por Engels no seguinte trecho de seu prefácio à Edição Inglesa de 1888 do Manifesto do Partido Comunista, evidenciando sua compreensão dos conceitos envolvidos.
“…em qualquer época histórica, o modo de produção econômica e de troca predominante, e a organização social que dele necessariamente decorre, constituem a base sobre a qual se ergue, e a partir da qual pode ser explicada, a história política e intelectual dessa época; que, consequentemente (desde a dissolução do regime primitivo de propriedade comum da terra), toda a história da humanidade tem sido a história das lutas de classes, conflitos entre explorados e exploradores, entre as classes dominadas e dominantes; que a história dessas lutas de classes se constitui de uma série de etapas, atingindo hoje um estágio em que a classe oprimida e explorada – o proletariado – não pode mais emancipar-se da classe que a explora e oprime – a burguesia – sem emancipar, ao mesmo tempo e para sempre, toda a sociedade da exploração, da opressão, das diferenças de classes e das lutas de classes.”

MANIFESTO DO PARTIDO COMUNISTA
Explique a afirmação de Engels, no prefácio à edição polonesa de 1892 do Manifesto do Partido Comunista, de que “não só a situação do movimento operário mas também o grau de desenvolvimento da grande indústria podem ser medidos com exatidão, em qualquer país, pelo número de exemplares do Manifesto que circulam em seu idioma”.

MANIFESTO DO PARTIDO COMUNISTA
Explique porque, segundo Marx e Engels (no Manifesto do Partido Comunista), o capital é “um produto coletivo” e “uma força social”.

MANIFESTO DO PARTIDO COMUNISTA
Escolher uma ou mais frases, dentre as listadas abaixo, e desdobrar o(s) seu(s) conteúdo(s) teórico-conceitual(is) tendo por base a leitura e discussão do Manifesto do Partido Comunista. Escolha quantas frases quiser (pode ser apenas uma delas, pode ser todas elas, ou pode ser algumas delas), mas é preciso deixar claro qual(is) frase(s) foi(ram) escolhida(s) – indicando, por exemplo, seu(s) número(s).
[1] “Um espectro ronda a Europa – o espectro do comunismo.”
[2] “A história de todas as sociedades que existiram até hoje tem sido a história das lutas de classes.”
[3] “A burguesia desempenhou na História um papel eminentemente revolucionário.”
[4] “[A] burguesia produz seus próprios coveiros.”
[5] “Na sociedade burguesa, o passado domina o presente; na sociedade comunista, é o presente que domina o passado.”
[6] “As idéias dominantes de uma época sempre foram as idéias da classe dominante.”
[7] “A importância do socialismo e do comunismo crítico-utópicos está na razão inversa do desenvolvimento histórico.”
[8] “Proletários de todos os países, uni-vos!”

SALÁRIO, PREÇO E LUCRO
Dissertar, com base na leitura de “Salário, preço e lucro”, sobre o que são e como se relacionam, para Marx, “salário”, “preço” e “lucro”.

SALÁRIO, PREÇO E LUCRO
Segundo Marx: “o valor da força de trabalho é determinado pelo valor dos artigos de primeira necessidade exigidos para produzir, desenvolver, manter e perpetuar a força de trabalho”. Com base na leitura de “Salário, preço e lucro” e do primeiro capítulo de O Capital, explique, em suas próprias palavras, como é determinado o “valor dos artigos de primeira necessidade exigidos para produzir, desenvolver, manter e perpetuar a força de trabalho”.

SALÁRIO, PREÇO E LUCRO
Com base na leitura de “Salário, preço e lucro”, explique (1) como “[o] valor diário ou semanal da força de trabalho difere completamente do funcionamento diário ou semanal dessa mesma força de trabalho” e (2) qual a relação entre essa diferença e a obtenção da mais-valia.

SALÁRIO, PREÇO E LUCRO
Com base na leitura de “Salário, preço e lucro”, explique por que “[d]entro do sistema do salariado, até o trabalho não remunerado parece trabalho pago”, indicando também como isso se relaciona com a obtenção da mais-valia.

SALÁRIO, PREÇO E LUCRO
Segundo Marx: “O que o operário vende não é diretamente o seu trabalho, mas a sua força de trabalho, cedendo temporariamente ao capitalista o direito de dispor dela.” Com base na leitura de “Salário, preço e lucro”, desdobre, usando suas próprias palavras, a diferença proposta por Marx entre “trabalho” e “força de trabalho”.

O CAPITAL
Com base na leitura do primeiro capítulo de O Capital, explique, em suas próprias palavras, como “[u]ma coisa pode ser valor de uso, sem ser valor”.

O CAPITAL
Com base na leitura do primeiro capítulo de O Capital, explique, em suas próprias palavras, por que “[o] ouro só se confronta com outras mercadorias como dinheiro por já antes ter-se contraposto a elas como mercadoria”.

O CAPITAL
Com base na leitura do primeiro capítulo de O Capital, explique, em suas próprias palavras, como “os dois fatores da mercadoria” se relacionam com aquilo que Marx chamou de “o fetichismo da mercadoria” ou “o caráter fetichista da mercadoria”

O CAPITAL
Com base na leitura do primeiro capítulo de O Capital, explique, em suas próprias palavras, como o “caráter social peculiar do trabalho que produz mercadorias” se relaciona com o “caráter fetichista do mundo das mercadorias”

O CAPITAL
Com base na leitura do primeiro capítulo de O Capital, explique, em suas próprias palavras, por que a “forma dinheiro” “objetivamente vela, em vez de revelar, o caráter social dos trabalhos privados e, portanto, as relações sociais entre os produtores”.

O CAPITAL
Segundo Marx, “[s]e as mercadorias pudessem falar, diriam: É possível que nosso valor de uso interesse ao homem. Ele não nos compete enquanto coisas. Mas o que nos compete enquanto coisas é nosso valor. Nossa própria circulação como coisas mercantis demonstra isso. Nós nos relacionamos umas com as outras somente como valores de troca.” Com base na leitura do primeiro capítulo de O Capital, explique, em suas próprias palavras, por que Marx atribui tais falas às mercadorias, se ele mesmo constata, pouco depois, que “[a]té agora nenhum químico descobriu valor de troca em pérolas ou diamantes”.

A IDEOLOGIA ALEMÃ
A partir dos trechos apresentados a seguir, comente a relação entre história e forças produtivas no desenvolvimento das sociedades.
“Mostra-se, portanto, desde o princípio, uma conexão materialista dos homens entre si, conexão que depende das necessidades e do modo de produção e que é tão antiga quanto os próprios homens – uma conexão que assume sempre novas formas e que apresenta, assim, uma ‘história’, sem que precise existir qualquer absurdo político ou religioso que também mantenha os homens unidos” (MARX, ENGELS. A Ideologia Alemã. São Paulo: Boitempo, 2007. p. 34).
“Vemos, pois, que a própria burguesia moderna é o produto de um longo processo de desenvolvimento, de uma série de transformações no modo de produção e de circulação” (MARX, ENGELS. Manifesto Comunista. São Paulo: Boitempo, 1998. p. 41).

A IDEOLOGIA ALEMÃ
A partir dos trechos a seguir, explique como divisão do trabalho e luta de classes se relacionam com a desigualdade entre os homens.
“E, finalmente, a divisão do trabalho nos oferece de pronto o primeiro exemplo de que (…) a própria ação do homem torna-se um poder que lhe é estranho e que a ele é contraposto, um poder que subjuga o homem em vez de por este ser dominado” (MARX, ENGELS. A Ideologia Alemã. São Paulo: Boitempo, 2007. p. 37).
“A história de todas as sociedades até hoje existentes é a história das lutas de classes” (MARX, ENGELS. Manifesto Comunista. São Paulo: Boitempo, 1998. p. 40).

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s